Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

A Aventura do termo Tuneril

Porque alguém - no caso, o meu bom amigo Paulo Cunha Martins - questionou algures - e com pertinência o fez, note-se.E Tuneril?  (referindo-se ao termo).Nestas coisas nada como consultar quem sabe. Assim, deixo testemunho do Dr. José Pedro Rodrigues (a quem agradeço o contributo técnico), licenciado em Línguas e Literaturas Europeias pelo Instituto de Letras e Ciências Humanas da U. do Minho:"....é um termo usado por um grupo restrito apenas, que não estando dicionarizado, é empregue em circunstâncias concretas em que outros termos não encontram aceitação. Não é errado o seu uso."O meu bom amigo Dr. Eduardo Coelho, também ele licenciado pela Faculdade de Letras da U. do Porto, concluí:"Origem: espanhola. Foram os espanhóis quem começou a usar a palavra. Precedentes: há uma quantidade de adjectivos em português, formados a partir de nomes com o sufixo "-il" : mulheril, infantil, estudantil, varonil, dúctil, juvenil, senil, primaveril... significando "próprio de" ou "relativo a". Motivações: 1. a comunidade tuneril tinha adoptado (correcta ou incorrectamente) as designações "tuno" para o masculino e "tunante" para o feminino, possivelmente por o morfema "-e" ser entendido como "neutro" em termos de género gramatical; assim, o uso de "tunante" para qualificar algo próprio de tuna prestar-se-ia a confusões: As tunantes do IXPTO tiveram uma postura pouco tunante (p. ex.); 2. goste-se ou não, "tunante" tem uma conotação negativa na linguagem comum; "tuneril" recupera a sonoridade de "estudantil"; assim, o par "tuno-tunante / tuneril" é correlativo de "estudante/estudantil" Dicionarização: é irrelevante para aferir a correcção do uso de uma palavra - ou validá-la. A ser assim, ninguém poderia dizer "isto é altamente", na medida em que "altamente" é, nos dicionários, um advérbio. De igual modo, ninguém poderia dizer "merda" antes de 1980 e picos, porque a palavra não constava dos dicionários. Por fim: O uso de "tuneril" é uma proposta, não uma obrigação e muito menos uma imposição. Outros sufixos são possíveis - tunESCO, tunantESCO, tunAL, etc. Havendo estas e outras possibilidades, preferimos "tuneril" por semelhança com "estudantil".Penso ser o bastante. Fica a clarificação.Agradeço a ambos os supracitados o contributo!

 

Post original em: http://asminhasaventurasnatunolandia.blogspot.com/2019/12/a-aventura-do-termo-tuneril.html

Parceiros