Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

Retiro Atituna

     No passado fim de semana de 6, 7 e 8 de Março, a ATITUNA dirigiu-se ao Centro Escutista de Gaia para mais uma edição do seu mítico retiro. A viagem começou semanas antes com o aviso dos preparativos e a cabeça já pronta para a animação que se avizinhava. Assim, à chegada do tão aguardado dia 6, sexta-feira, já estávamos prontas para tudo!     Com o objetivo de estreitar laços e partilhar mais momentos com a nossa família ATITUNA, iniciámos a deslocação dos instrumentos para Gaia, a preparação do Centro Escutista para a nossa chegada e o atolar dos carros até ao teto. Ao longo da tarde viveram-se brincadeiras, transportámos toda a comida e preparámos tudo, animando o local enquanto esperávamos pelo jantar que, como manda a tradição, foi frangos no churrasco! Mal nos sentámos a mesa, o apetite fez-se notar e, assim que demos conta, já estávamos de pijama e pantufas, prontas para a Pijama Party que a CORA (Comissão Organizadora do Retiro da Atituna) nos preparou.      O Dia da Mulher foi o tema principal e, divididas em grupos, respondemos a questões, cantámos karaoke e competimos pela coroa que aguardava as vencedoras.     Tivemos ainda direito a uma serenata do Tiago, o nosso ensaiador e a festa propriamente dita, como não podia deixar de ser. Exaustas, acabámos por nos deitar, sabendo que o dia seguinte ia ser dedicado à música.     Assim, levantámo-nos cedo, sabendo que sábado não seria dia de descanso. Embora a nossa mente se encontrasse longe das aulas, estava presente no trabalho que era preciso realizar durante o dia: ensaiar em loop, com pausa apenas para o lanche, preparando com alegria e afinco, não só a nossa próxima atuação mas também com o objetivo de ensaiar o nosso repertório em geral.     À noite, após um spaghetti à bolonhesa de comer e chorar por mais, seguimos para a sessão de Praxe solene, que se focou essencialmente na transmissão de conhecimento às mais novinhas que muito tinham para aprender sobre a história da Atituna. Esta, cheia de atitude e garra, associada ao tema do retiro, mostrou-nos o quão importante é um ato como a emancipação quer na história global, quer na nossa história. Desta forma, foi uma noite bastante especial não só pelas lições de união e de viver em TUNA, mas também pela passagem a caloiras de três membros mais novinhos da nossa TUNA: a Meo, a Holi e a Dunphy.     A noite terminou em festa, onde esgotámos todas as forças que nos restavam, pois o dia seguinte seria dia de partida.     E assim foi. Domingo, Dia da Mulher, levantámo-nos cedo para deixar tudo em ordem pois, tal como é lema do local, era importante ?deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrámos?. Então, com alegria e muito cansadas deixámos para trás a paisagem, a serenidade e a paz do lugar mas não os laços que reforçámos. Esses levámo-los connosco.     Agora, é tempo de voltar aos ensaios, com as baterias recarregadas e prontas para o que aí vier.

 

Post original em: http://atituna.blogspot.com/2015/03/retiro-atituna.html

Parceiros